NITRO DI

Top Tracks

  • Ôxe, Mas Bah!

    2:41
  • Fala Mais

    3:09
  • Sem Rancor

    4:19
  • Pq Não Misturar?!

    2:50
  • Quem Eu Sou

    3:59
  • Di Verdade

    4:00
  • Mais um Vencedor

    3:29
  • Tema Êra Êra

    0:44
  • Êra Êra

    3:49
  • Muita Calma

    4:12

Bio

Genres: Hip Hop/Rap
Location: PORTO ALEGRE

NITRO DI 

Nitro Di é MC/DJ e produtor. Cresceu no bairro Partenon, um complexo periférico de Porto Alegre. Era residente da rua Guedes da Luz, uma das primeiras asfaltadas do bairro no fim da década de 80 e que era ponto de encontro da galera do bairro. Desses encontros embalados pelo Hip Hop que Nitro Di começou a projetar sua carreira musical.

Em homenagem a rua onde moravam, com outros dois parceiros Nitro Di fundou em 1993 o grupo S of G (Sons of Guedes/Filhos da Guedes), grupo do qual passou a se chamar Da Guedes em 1998. Da Guedes se transformou no grupo gaúcho de maior repercussão no cenário nacional do segmento.

 

Após sua saída do Da Guedes, em 2001, Nitro Di montou o estúdio chamado de “Adversus” e deu inicio à produção e assessoria aos grupos de Rap da Região Sul. Montou também o primeiro portal de Cultura Hip Hop do Rio Grande do Sul, o www.adversus.com.br, projeto que reúne diversos colaboradores e é feito pelos próprios artistas que utilizam as ferramentas oferecidas e compartilham deste espaço.

Em 2003 lançou também sua carreira solo com o EP “Mais um Guerreiro” - com quatro faixas - entre elas a música “Sem Rancor”, que emplacou nas rádios e teve seu vídeo clipe veiculado nas principais emissoras do gênero. O EP contou com nomes como Andréa Cavaleiro, Zé Natálio (Papas da língua), Dj Only Jay e Dj Cia (RZO).

Em 2005, após alguns anos na composição, produção e execução, Nitro Di lançou o álbum “Fortes Corações”. No disco misturou samplers com violões e gaitas extraídos de clássicos da música tradicionalista do Rio Grande do Sul. Contou com a participação de Helião (RZO), DJ Cia, Tonho Crocco (Ultramen) e Zé Natálio (Papas da Língua), dentre outros artistas, além do produtor Guga Munhoz, que mixou e co-produziu o disco.

No mesmo ano Nitro Di foi vencedor do prêmio de Melhor Produtor em um dos mais importantes eventos da Cultura Hip Hop da América Latina, o Prêmio Hutúz.

O lançamento oficial do “Fortes Corações aconteceu em maio de 2006, numa noite memorável, contou com vários convidados e teve o sorteio de um “Fusca” para comemorar os 3 anos do site Adversus. O show virou um programa especial para a TV Com, filiada da Globo no estado.

Ainda em 2006, Nitro Di já participou do Programa Central da Periferia apresentado por Regina Casé da TV Globo. Participou também novamente do Prêmio Hutúz, concorrendo em duas das mais importantes categorias: Artista Revelação e Melhor Artista solo.

No ano de 2007 Nitro Di passou a atuar também como comunicador, a frente do programa de Hip Hop Mix Tape, transmitido para toda rede da Rádio Atlântida FM. O programa vai ao ar todos os domingos e está completando 7 anos este ano.

Discotecagem com performances de rima deram seguimento a carreira solo de Nitro Di. O formato percorreu as principais casas de show da Região Sul. A frente dos toca-discos, Nitro Di se apresentou em diversos eventos do gênero no sul, com destaque para apresentações com Ja Rule, Soulja Boy, Cypress Hill, Baby Boy Tha Prince e Flo Rida. Lançou dois novos singles “Vem Cá” e “Mais um Vencedor”, que fariam parte do próximo álbum do rapper. 

Em 2012, retornou a Da Guedes para fazer uma Tour pelo Rio Grande do sul e Santa Catarina. O retorno da banda aos palcos teve uma grande repercussão na mídia. Paralelo a isso, o rapper buscava parcerias para pôr em prática o novo projeto de sua carreira solo.

No ano seguinte, com o apoio da plataforma de financiamento coletivo "Crowdfunding", Nitro Di viabilizou o seu segundo álbum. Lançado no final de 2013, “Êra-Êra” evidencia a mistura da milonga com batidas do Rap, característica do “MC Milongueiro”, como foi carinhosamente batizado pelos regionalistas. A obra é uma homenagem a nomes importantes da musica nativa como Marco Aurélio Vasconcelos, Luiz Coronel e Dorotéo Fagundes, grandes incentivadores deste ousado trabalho. “Êra-Êra” tem sido bastante elogiado pelo público e pela crítica. Contou com a participação de grandes nomes da música nativista e do Rap como Rapadura, Renan (Grupo Inquérito/SP), Renato Borghetti, Dj Cia, Marcello Caminha (violonista), além do guitarrista Guga Munhoz (Co-produtor do disco) e o grupo gaúcho Rafuagi. O disco apresenta 11 faixas inéditas, incluindo o single “Puranitro”.  Entre outros destaques do CD estão canções como “Fala Mais” com participação de Tati Portella do Chimarruts e “Pq não Misturar?!” com a participação de Marcelo D2.

S.D.M. (Sul Da Malandragem) EP Vol. 1 p.2016


S.D.M. Essa é a sigla e a cara do novo trabalho do Rapper Nitro Di. Diferente de seus últimos registros, onde misturava samplers de música regional nas produções, no EP intitulado “Sul Da Malandragem” vol. 1, Nitro aposta em uma sonoridade sintonizada com as produções atuais. Influências próximas ao Trap, mergulhado em DrumKits como o da 808 e Synths de bom gosto são percebidos em quatro faixas inéditas, confirmando seu talento como letrista e produtor musical. O Ep estará disponível nas principais plataformas digitais na segunda quinzena de Outubro.

 

Redes: @nitrodi  #NITRODISDM #SDM


SHOWS:

www.nitrodi.com.br | contato@nitrodi.com.br

0:00
0:00
NOTHING FOUND!
  • Play
  • Mute
  • Fullscreen